DESTAQUES

Livro - O Caso dos Dez Negrinhos

Terminei de ler esse livro essa semana e resolvi postar para contar um pouquinho sobre o livro e fazer minha pequenina crítica quanto à obra da famosa autora Agatha Christie.

O livro é um clássico da literatura policial originalmente escrito em 1939. Ele conta a história de dez pessoas que não se conhecem e que são isoladas em uma mansão em uma pequena ilha (Ilha do Negro) cada qual com o seu motivo individual de estar ali, mas também um motivo em comum: todos foram requisitados a estar no local pelo misterioso e desconhecido Sr. U. N. Owen e todos já cometeram crimes que não há como serem julgados pela lei. Só há os dez na ilha e uma série de assassinatos misteriosos começam a ocorrer e a tensão permanecerá presente entre os ilustres convidados do Sr. Owen por toda a história.



A história é alucinante e a curiosidade sobre quem é o assassino permanece a todo o momento. A autora faz determinadas "jogadas e reviravoltas" fascinantes.
Muitos já devem tê-lo lido, mas mesmo assim deixo a minha recomendação à todos que não leram ele ainda, principalmente àqueles que gostam de literatura policial. O único problema que pode ocorrer é você não achar o livro para comprar com facilidade, mas vale a pena procurar em um sebo, em algum lugarziiiiiinho na internet ou até mesmo pegar emprestado e pronto, é só saborear as páginas do livro!


Poema presente no livro e que faz com que a história se desenrole:

Dez negrinhos vão jantar enquanto não chove;
Um deles se engasgou e então ficaram nove.
Nove negrinhos sem dormir: mas nenhum está afoito!
Um deles cai no sono, e então ficaram oito.
Oito negrinhos vão a Devon de charrete;
Um não quis mais voltar, e então ficaram sete.
Sete negrinhos vão rachar lenha, mas eis
Que um deles se corta, e então ficaram seis.
Seis negrinhos em uma colméia trabalham com afinco;
A um deles pica uma abelha, e então ficaram cinco.
Cinco negrinhos no tribunal. Ver e julgar um fato;
Um ali foi julgado, e então ficaram quatro.
Quatro negrinhos no mar; a um tragou de vez
O arenque defumado, e então ficaram três.
Três negrinhos passeando no zoo. Vendo leões e bois.
O urso abraçou um, e então ficaram dois.
Dois negrinhos brincando ao sol, sem medo algum;
Um deles se queimou, e então ficou só um.
Um negrinho aqui está a sós, apenas um;
Ele então se enforcou, e não sobrou nenhum.


Dez pessoas, um lugar que não há como sair e um assassino entre eles. Quem será o assassino?!



Postado por Sofia

1 Comentário para Livro - O Caso dos Dez Negrinhos

17 de abril de 2010 13:45

Eu jah li esse livro!
Meu pai tem toda a coleção dos livros da Agatha Christie e do Conan Doyle!
Mto bom esses livros, adoro literatura policial =)